Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Como tem doído
Uma dor que não consigo controlar,
Alojou-se dentro de mim,
Chegou de mansinho, sorrateiramente, inexplicavelmente, avassaladora
E ficou

Eu permiti
E por que eu permiti?
Faz sentido?
Não, não faz. Ou faz?

Nela sinto você
Vejo você
Seu olhar
Seu cheiro
Seu beijar, há o seu beijar!
Seu jeito louco de ser

Vou deixando ela ficar
Corroendo por dentro
Machucando, maltratando
Só pra sentir você



video

Nenhum comentário:

Postar um comentário